Anticorpos são proteínas produzidas pelo linfócito B, produzidas a partir do estímulo realizado por uma substância considerada “estranha” ao nosso organismo. 
 Esta substância é chamada de antígeno. A função dos anticorpos é neutralizar e eliminar o antígeno que estimulou sua produção
 Há 5 classes diferentes de anticorpos
 
→ IgM: É a imunoglobulina produzida na primeira exposição ao antígeno. Tem
capacidade de ativar o sistema complemento, e liga-se aos receptores FC das células
fagocitárias.
Anticorpos anti-eritrocitários IgM são considerados “frios” pois em sua grande maioria,
fixam melhor a 4°C e não são capazes de atravessar a barreira placentária.
 
→ IgG: Principal imunoglobulina! Tem capacidade de ativar o sistema complemento e
é o único capaz de atravessar a barreira placentária. É produzido na resposta
secundária e é responsável pela memória específica contra determinado antígeno. 
Anticorpos anti-eritrocitários IgG são denominados como “quentes” pois fixam melhor
a 37°C.
 
Existem subclasses de IgG com maior capacidade de ativar o sistema complemento:
IgG1 e IgG3
 
→ IgA: é o tipo de imunoglobulina predominante em secreções como saliva, lágrima,
leite, mucosas do trato gastrintestinal, trato respiratório e geniturinário.
 
→ IgD: é co-expressa com a IgM e sua função biológica ainda não foi determinada.
 
→ IgE: Encontradas nas membranas superficiais dos mastócitos e basófilos, sendo
muito importantes no combate a parasitas helmintos e também às reações alérgicas.
 

Siga a pH7 nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades! 

Instagram | Facebook | Linkedin